Sertão Imponente


Na maioria das vezes em que se fala sobre o sertão nordestino, é comum dar ênfase apenas aos problemas que afligem os sertanejos e as terríveis consequências produzidas pela seca. Como sabemos, o semiárido é afetado por diversos fatores naturais, entre eles: o clima seco e quente e as chuvas mal distribuídas no tempo, o que, independente de outros fatores, já poderia ser o suficiente para explicar essa forma de ver o sertão.

Em contraponto, para estimular a gente a olhar o sertão com um olhar diferente, venho percorrendo regiões do semiárido nordestino realizando fotografias em comunidades, fazendas e sítios da zona rural, buscando retratar o sertão: 
na beleza dos cenários; 
no poder da natureza; 
na riqueza da cultura; 
no cotidiano e seu povo; e 
nas coisas do sertão.


Nessas viagens, custeadas por meios próprios desde outubro de 2017, já foram realizados dezenas de ensaios fotográficos no Sertão de Pernambuco. Foram milhares de quilômetros rodados, registrado o que é característico do sertão, como: a caatinga, a cultura e o cotidiano do povo sertanejo, entre outras.

Veja no Instagram do Sertão Imponente, uma pequena mostra do que já foi realizado até agora.

É impressionante a forma que os sertanejos reagem. Após prestar todos os esclarecimentos sobre o projeto, o que tem prevalecido é a receptividade e a disponibilidade das pessoas em realizar os ensaios e, ainda mais, permitir que as imagens sejam utilizadas para divulgar o Sertão Nordestino.


A etapa de divulgação que é uma das mais importantes do projeto, já vem sendo desenvolvida através de participações em festivais de fotografia, entrevistas, palestras, exposições, concursos, mostras, revistas, rádio e Internet, já obtendo ótimos resultados nesse curto espaço de tempo.

Independente de qualquer resultado, para materializar o nosso “muito obrigado”, os fotografados recebem, gratuitamente, um álbum com dezenas de fotografias impressas em alta resolução, como retribuição e lembrança pela parceria.

Compartilhe este conteúdo