15º Paraty em Foco

15º Festival Internacional de
Fotografia Paraty em Foco

Foi com imensa satisfação e alegria ter participado, de 18 a 22 de setembro de 2019, da exposição externa de maior destaque no XV FESTIVAL INTERNACIONAL DE FOTOGRAFIA PARATY EM FOCO, com o ensaio “Sertão Imponente”, juntamente com os demais ganhadores da Convocatória PEF2019, que nessa edição teve 1014 inscritos, de diversas partes do Brasil e do Mundo.

Essa foi a grande oportunidade de conversar sobre o projeto “Sertão Imponente”, com verdadeiros gigantes da fotografia brasileira, entre eles: Orlando Azevedo, Evandro Teixeira, Angela Magalhães, Nadjia Peregrino e Januário Garcia.

Dessa vez foi a hora da cultura; a cultura do vaqueiro.
Veio do português com o índio e, até hoje é ele que cuida do gado no Nordeste do Brasil. Pra correr atrás do animal desgarrado se veste com uma Indumentária própria feita de couro: perneira, gibão, chapéu, guarda-peito, luvas e botas; tudo para se proteger do sol, dos galhos e dos espinhos da caatinga.

Dono da fazenda ou empregado, não importa; todo dia é dia de vaqueiro pois está sempre montado em seu cavalo verificando as pastagens, as cercas e levando o gado para se alimentar.
O auge dessa cultura nordestina vem a tona sempre ao final do mês de julho, com a comemoração da tradicional festa dedicada à Raimundo Jacó, o mais famoso dos vaqueiros, onde pessoas de várias regiões do Brasil se reúnem na Missa do Vaqueiro, em Serrita, Pernambuco.

“ A vida do vaqueiro é tão importante, que quando ele parte para o outro mundo, Deus perdoa todos os pecados. Porque quem já sofreu muito na terra, confiando “Naquele Lá de Cima”, o que tem que sofrer, já sofreu aqui. Não sofre mais não. “ Palavras de Vicente Jacó (filho de Raimundo Jacó)

Eita Sertão Imponente!

Elias Oliveira
2019 – Paraty – RJ.

Compartilhe este conteúdo